Translate

sábado, 15 de junho de 2013

Viagem: Moro onde você passa férias!

Oi gente!

Todo sábado tem dica de viagem. E hoje, vou valar sobre a Capital do Sol, a Noivinha do sol, a cidade onde moro! Isso mesmo! Eu moro onde você passa férias! =)

Então, para quem deseja passar uns dias em Natal, Rio Grande do Norte, anota ai todas as dicas!!!

O codinome Cidade do Sol tem origem no fato de Natal ser a capital brasileira que mais dias de sol recebe durante o ano. Sol + temperaturas por volta dos 30º (mesmo no inverno) = praia.

Natal, a cidade em si, não tem muitas opções de praia. Ponta Negra é a melhor e é onde fica o Morro do Careca (o principal cartão postal da cidade). Até o final da década de 90 era possível subir no morro, mas o movimento dos ecologistas conseguiu proibir a subida sob a alegação de que a movimentação das pessoas na encosta estava fazendo a duna diminuir. 
Recomendo a todos que aluguem um carro pra visitar as praias que ficam fora da, chamemos assim, região metropolitana. Lembrando que é muito fácil andar em Natal.
No litoral norte, minhas indicações são o mergulho nos parrachos de Maracajaú (a uma hora de carro) e as world-famous dunas de Genipabu, com seus passeios de buggy com emoção, com direito a esquibunda e aerobunda, que são imperdíveis. O preço é salgadinho (uns R$ 300 o passeio para 4 pessoas), mas vale a pena! Ainda por lá, tem um passeio de dromedário também.
No litoral sul, minhas indicações são Barra de Tabatinga, se tiver ventando pouco, e Pirangi, onde você pode ver o maior cajueiro do mundo, outro cartão postal tradicional. O cajueiro ocupa um quarteirão quase inteiro e não para de crescer. Perceba como o tráfego fica em uma pista apenas na estrada que o margeia. Outra praia campeã no caminho do litoral sul é a praia do Cotovelo, pouco badalada, mas onde o fim de tarde é imperdível. Um mergulho nas águas calmas desta praia, um caranguejo e uns drinques no restaurante Falésias esperando o por do sol valem o dia. Vale parar também, no caminho de Barra de Tabatinga, no Mirante dos Golfinhos, que não tem o mesmo charme do seu homônimo localizado na Pipa, mas que permite visualizar os simpáticos bichinhos nadando e divertindo sua plateia. Atenção: eles geralmente pintam por ali à tarde.

Com relação aos restaurantes, as dicas são muitas, e dependem do paladar de cada um. Vou tentar ser breve por aqui. No alto de Ponta Negra há um quarteirão que lembra muito a Rua das Pedras de Búzios. São inúmeros bares, boates e restaurantes, um do lado do outro, e pode-se comer bem por lá. Mesmo aqueles que não são muito chegados à goma, irão curtir a tapioca de doce de leite com côco da Casa de Taipa. De altíssimo nível também é a pizza do Cipó Brasil, onde deve ser provada a original caipibanana, batida com leite condensado (peça uma só; é gostosa, mas enjoativa). Também é muito recomendado o Galo do Alto, onde come-se frutos do mar. E pra quem tá a fim da night forte, no subsolo do castelo medieval, chamado Taverna Pub, onde funciona um albergue rola uma bombação.

Ainda falando em boa mesa, o Camarões Potiguar é hors concours. Eleito o melhor da cidade pela Veja, pode fechar o olho e escolher qualquer prato do cardápio que você vai comer bem. O prato serve 3 pessoas. À noite e nos fins de semana costuma ter fila. Ainda em Ponta Negra recomendo o Tábua de Carne pra comer uma boa carne de sol. Também é muito farto. E há um self service de altíssimo nível chamado Pinga Fogo. Não é muito barato pra um self service, mas o buffet japonês tem uma variedade de dar inveja em restaurantes japoneses. Pra fechar as dicas culinárias, há a churrascaria rodízio Sal e Brasa. A última dica fica no bairro de Lagoa Nova, e chama-se Mangai. É um restaurante a quilo de comidas típicas nordestinas com mais de 50 opções, incluindo o popular Suvaco de Cobra. 

É isso... Vou ficando por aqui. Falei tanto dos restaurantes que deu fome! hahaha Mas enfim... minha indicação é que curtam Natal que é uma cidade bacana, com opções de entretenimento e que ainda não sofre das mazelas da cidades grandes. O rango é bom, as praias são ótimas e o povo muito hospitaleiro.

A cidade que tem pontos turísticos como o Forte dos Reis Magos, o Cajueiro em Pirangi, e o Morro do Careca se prepara em ritmo fervoroso para a copa de 2014.

Programe-se e conheça a capital potiguar!

=) 

                                                     

Nenhum comentário:

Postar um comentário